Feeds:
Artigos
Comentários

Adoro berinjela! Já comentei esta receita com algumas colegas e agora cumpro o prometido de colocá-la aqui.

Esta forma de preparar é bem light, prática e fica gostosa. Depois de pronta pode-se guardar na geladeira.

É boa de comer fria ou quente, fria Vai bem com torradinha ou com a salada e quente com macarão.

Antepasto de Berinjela Light

1 berinjela grande
1 tomate
1 cebola
1/2 pimentão verde
sálvia, orégano, sal e pimenta a gosto
1 colher de sopa da azeite extra virgem
1 colher de sopa de vinho branco seco

Aqueça o forno em temperatura média. Numa travessa que vai ao forno, colocar a berinjela, o tomate, a cebola e o pimentão, todos cortados em cubos.

Temperar com os demais ingredientes e misturar.

Cobrir com papel alumínio e levar ao forno médio de dez a quinze minutos, até a berinjela cozinhar.

Retire o papel, retorne ao forno para dá uma douradinha e secar um pouquinho se estiver com muito caldo no fundo.

Uma comidinha gostosinha que agrada a todos?? Bolinhos fritos saídos na hora da frigideira.

O cheiro da cozinha invade a casa e os pensamentos daqueles que gostam de um petisco, “hum… tem coisa gostosa na mesa” .

Dessa vez está saindo um bolinho de macaxeira* com charque. Como sempre, muito fácil.

*macaxeira, aipim, mandioca.. tem mais algum jeito de chamar?

Bolinho da Macaxeira

1 k de macaxeira cozida e amassada
1 ovo
200g de carne de charque (carne seca) cozida e desfiada
1 colher de chá de fermeto
um pouco de coentro picadinho
sal e pimenta do reino a gosto
1 colher de sopa de farinha de trigo (se a macaxeira tiver muito úmida precisa por mais farinha)

Numa tigela, misturar todos os ingredientes.

Fazer os bolinhos com a ajuda de duas colheres e frite porções da massa em óleo quente.

Escorra em prato com papel absorvente.

Se quizer pode congelar para fritar depois.

Para o almoço de despedida da nossa colega Ana, fiquei com a incunbência de levar a salada de folhas.

Para dar um toque diferente nessa salada simples eu usei figo em conserva, os demais ingredientes são bem básicos.

Salada com Figos

Folhas de alface
Tomate em rodelas
Cenoura ralada
Figo (doce em conserva)
Queijo parmesão ralado

Costumo arrumar o tomate de um lado do prato e as folhas do outro.
Entre a alface e o tomate, acomodei os figos (que cortei na extremidade porém sem separar os pedaços) e junto coloquei a cenoura ralada.

Por cima das folhas coloquei o queijo ralado no ralo grosso.
Temprar a gosto.

Sugiro experimentar com o vinagre balsâmico, com queijo na salada é tudo de bom.

Biscoitinho de Nozes

O que fazer com as nozes que sobraram do natal? Biscoito de Nozes claro!

Sempre tive uma verdadeira adoração por biscoitos caseiros. São fáceis de fazer, assam num instante e convenhamos, não há nada mais satisfatório que comer biscoitos fresquinhos.

Biscoitinhos de nozes

250g de manteiga
500g de farinha de trigo
200g de nozes moídas
250g de açúcar
1 ovo

Misture tudo numa tigela até ficar uma massa homogênea. Faça os biscoitos no formato desejado.

Asse em tabuleiro untado no forno médio (180°C).

Estamos muito contentes porque nosso Cozinha Cani foi indicado como o blog da semana (no dia 17 de abril) pelo Informação Virtual.

Informação Virtual é um blog sobre tecnologia, informática, ciência, comportamento e curiosidades em geral, buscando notícias que tratem destes assuntos de forma simples e objetiva.

Na indicação o Cozinha Cani é descrito como um blog que “mostra detalhadamente os ingredientes e o modo de fazer de deliciosas receitas culinárias, muitas delas simples de serem executadas”.

É isso mesmo. Nossa inteção é compartilhar receitas fáceis e principalmente gostosas. Bom apetite e mãos na massa!!!!

Em cada mês, entre os indicados, é escolhido o blog do mês. Votem!

Nenhum outro título descreveria melhor essa receita supersimples e gostosa demais. Na noite em que resolvi prepará-la estava cheia de coisas pra fazer em casa – roupa para colocar na máquina, pia cheia de prato pra lavar, roupa limpa pra guardar- nem precisa dizer que Fátima estava de férias. Além disso tudo, estávamos com fome.

Lula tinha chegado do supermercado com um pedaço de mais ou menos 1 k de lombo (alguns chamam de lagarto) e a garrafinha de cerveja preta que tinha pedido. Já tinha na dispensa uma lata de molho de tomate e um pacote de sopa creme de cebola.

Continuava ocupada fazendo zilhões de coisas ao mesmo tempo. Então,  sobrou para quem??? Lula, lógico. Ele deu um trato na carne, porque ele gosta sem nenhum pontinho branco de gordura.

Então, pensando que ficaria livre depois do trato, na sequência fui logo pedindo pra ele colocar todos os ingredientes na panela de pressão. Depois disso coube a mim marcar o tempo de cozimento para que a carne ficasse cozida, porque era abusar demais pedir pra Lula fazer essa parte.

Sempre que faço esta carne dou uma selada na carne, com cebola e alho picadinhos, deixando-a douradinha. Mas nessa noite não teve nada disso, foi tudo direto pra panela de pressão e ficou muito boa.

Carne de Panela Fácil

Carne de panela

1 kg de lagarto, pode fazer também com picanha ou chã de fora
1 garrafinha (long neck) de cerveja preta
1/2 pacote de sopa creme de cebola
1 lata de molho de tomate, se tiver bolonhesa tá valendo.
água quente se necessário

Numa panela de pressão (de 4 litros), coloque todos os ingredientes, menos a água. Leve ao fogo, e quando começar a fever marque mais ou menos 30 minutos – desligue o fogo.

Esfrie a panela em água corrente e abra para verificar se está cozida. Nesse ponto, se a carne estiver dura coloque um pouco de água quente, feche a panela e leve novamente ao fogo para completar o cozimento.

Ao final, se o molho estiver muito líquido, deixe no fogo com a penela aberta para secar um pouco e engrossar.

PS: Carol lançou o portifolio dela, dêem uma passadinha lá e diguam o que acharam http://carolcani.com ;)

De volta a cozinha depois da viagem para São Paulo. Campus party foi linda, apesar de muitas reclamações que houveram a respeito, eu, particularmente, adorei. Pude ser nerd o tanto que eu queria, e sempre parecia pouco junto de todo aquele universo de nerds em volta.

Tomar banho em choveiro coletivo, dormir em barraca, o frio que fez em São Paulo, não foi nada comparado às pessoas fantásticas que eu pude rever e também as que pude conhecer.

Houve um momento em que eu já me sentia em casa, aquele espaço e cabo de rede da área de Software livre eu já tomava como meu, mas aí já era hora de ir embora. Fica agora a saudade, grande.

De volta a Recife, com uma vontade louca de comer chocolate e coisas de chocolate, finalmente em um sábado tive tempo de preparar o brownie que a tempos tinha vontade. Enquanto eu colocava a massa na forma, flagrei papai comendo a massa crua depois de já ter raspado a panela do chocolate.

Adoro a massa do brownie crua, fica tão.. de chocolate!

A receita original era com chocolate branco, do O Grande Livro de Receitas Cláudia, mas mudei umas coisinhas, incluindo o ingrediente principal por chocolate meio amargo. Desta vez usei umas nozes que sobraram no natal tinha em casa para dar uma incrementada.

Brownie de chocolate

Rende 16 porções

Ingredientes
200g de chocolate meio amargo picado
5 colheres (sopa) de manteiga gelada e cortada em pedacinhos (63g)
2 ovos grandes
1 xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 xícara (chá) de farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
½ xícara (chá) de nozes
½ xícara chocolate picado [usei o que sobrou de uma das barras]

Pré-aqueça o forno médio (180ºC). Unte uma assadeira ou um refratário quadrado de 21 cm de lado e polvilhe com farinha.

Derreta o chocolate e a manteiga em banho-maria, sem deixar a água ferver, mexendo até o chocolate ficar liso. Retire do banho-maria e deixe esfriar à temperatura ambiente.

Em uma tigela grande, bata os ovos, o açúcar e a baunilha até engrossar e ficar com uma cor clara. Junte o chocolate e misture. Reserve.

Em outra tigela, peneire a farinha, o fermento e o sal. Junte à mistura de chocolate e bata, até obter uma massa bem homogênea.
Acrescente as nozes, as gotas de chocolate e espalhe a massa na forma.

Leve para assar por 30 a 35 minutos, ou até que, ao espetar um palito no brownie, ele saia úmido. Deixe esfriar na forma, corte em quadrados e sirva.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.